Cores

circulo-cromatico

A cor não tem existência material: é apenas sensação produzida por certas organizações nervosas sob a ação da luz – mais precisamente, é a sensação provocada pela ação da luz sobre o órgão da visão. Seu aparecimento está condicionado, portanto, a existência de dois elementos: a Luz ( objeto físico, agindo como estímulo), o olho ( aparelho receptor, funcionando como decifrador do fluxo luminoso, decompondo-o ou alterando-o através da função seletora da retina. Alguns fatores determinam, ou influenciam, os significados das cores: suas próprias características,o gosto pessoal, fatores psicológicos,a moda e a natureza do objeto. A radiação luminosa visível que tem como síntese aditiva a luz branca. A luz solar é a melhor expressão de luz, por reunir de forma equilibrada todos os matizes existentes na natureza. Vemos o exemplo do arco-íris que é a decomposição da luz branca do sol, nos matizes que formam o espectro. As luzes monocromáticas são faixas coloridas do espectro solar tomadas isoladamente. Cor-pigmento: É a substância material que, conforme sua natureza, absorve, refrata e reflete os raios componentes da luz que se difunde sobre ela. É a qualidade da luz refletida que determina a sua denominação Percepção da Cor: Ao fenômeno da percepção da cor, além dos elementos físico (luz) e fisiológico (olho) existem os dados psicológicos que alteram substancialmente a qualidade do que se vê. O cérebro codifica aos objetos as cores incorporadas pela luz solar, transformando em valor subjetivo as cores permanentes dos corpos naturais. Exemplo: lençol branco que recebe luz azul, fica azulado, mas continuamos a denominá-lo de lençol branco.

Na percepção distinguem-se 3 características: · matiz (comprimento da onda), propriedade da cor que dá origem a seu nome e a diferencia das outras. · valor (luminosidade ou brilho), quantidade de luz que cada cor possui. Depois do branco , o amarelo é a cor de mais luminosidade. Quanto mais preto estiver contido na cor menos luminosidade ela terá. · croma (saturação ou pureza da cor). Cor com alto grau de pureza , com pouca quantidade de cinza na sua constituição. As cores pastéis são bom exemplo de cores pouco saturadas.

A harmonia é revelada pelo equilíbrio de 3 pontos referenciais: máxima luminosidade, máxima obscuridade e luminosidade intermediária entre 2 índices extremos(cinza-médio)

É importante conhecer as nomeclaturas da teroria da cor ao iniciar neste universo.

Compartilhe este post

dicas

Leia esses também

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *